Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Mais sobre mim

foto do autor


calendário

Abril 2009

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930


Pesquisar

 


JÁ DIZIA GEORGE ORWELL ...

Sábado, 11.04.09

Em 92 abre portas em Portugal o Banco Alimentar contra a fome, com a louvável ética assente na gratuidade, dádiva, partilha, voluntariado e mecenato. Aparece, há não muito tempo, o Banco Alimentar contra a fome animal, e ,suponho eu, não será preciso explicar para que serve nem uma nem outra, pelo nome de cada uma chegam lá.

Após algum tempo de actividade, o Banco Alimentar contra a fome animal recebe um aviso dos advogados do Banco Alimentar contra a Fome que tem como consequência a suspensão de toda actividade dos voluntários e pessoal ligado à causa, retirando cartazes e folhetos. E porque? O Banco Alimentar contra a fome acusa o Banco Alimentar contra a fome animal de ter utilizado indevidamente as suas cores e logótipo e até o nome, de forma a aproveitar-se da publicidade e a projecção que conseguiram construir ao longo dos anos.

Ora, ora, ora ... que coisa tão feia!

Mas estamos ou não estamos a falar de instituições solidárias? Não é suposto ser o Banco alimentar contra a fome ser o primeiro a dizer . "Sim senhor, estamos cá para o mesmo, embora com destinatários diferentes, usem e abusem do nosso nome já feito". Não há inúmeros famosos que emprestam o seu nome precisamente para partilhar a sua publicidade com este tipo de causas, especialmente no seu começo? Não era precisamente esta a força que o Banco alimentar contra a fome animal está a necessitar neste momento?

O único problema em utilizarem nomes tão semelhantes é tentar escrever e depois ler uma notícia como esta, pois corre-se o risco de se ficar tão baralhado como ao conhecer a família Buendia do livro "Cem anos de Solidão".

Tirando isso, este tipo de acção não só fica tremendamente mal ao Banco alimentar contra a fome como  se mostra carente  dos seus maiores princípios: a dádiva e a partilha!

 

Cá estão os links de cada uma delas:

www.bancoalimentar.pt/

http://ajudaalimentaranimal.blogspot.com/

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Ana Galvão às 00:41

26 comentários

De conceicao a 11.04.2009 às 11:30

uma opiniãi_ acho que no logo do blog o seu nome n esta bem explicito, n é visual. bons posts. e boa pascoa.

De Clara Pimenta a 11.04.2009 às 12:47

Tristeza...
Por isso é que alguem dizia: "quanto mais conheço as pessoas, mais gosto dos animais".

Para mim não faz sentido a atitude do Banco Alimentar... tão altruista, tão altruista, mas.... parece que afinal são só aparencias! enfim!
:(

De bruno amaral a 11.04.2009 às 13:22

Eu não concordo com a acção judicial, acho-a exagerada. Mas compreendo as razões que levam a isso.

Nós, como sociedade, temos muita dificuldade em distinguir nomes e marcas quando fazem parte de grupos maiores.

Por exemplo, a Fujitsu tem várias empresas no grupo e no entanto o público geral não faz a distinção entre os vários.

Se as duas organizações estiverem coordenadas não há qualquer problema. Mas não estão e por isso mesmo ambas beneficiam se tiverem uma identidade distinta.

De Jorge Lopes a 11.04.2009 às 14:47

Revoltem-se, cidadãos. Votem em branco nas próximas eleições!

De Mobiliario Sala a 19.10.2009 às 16:30

Eu votei em branco exactamente para eles verem que estamos revoltados e que alguma coisa tem/deve mudar.

De Ajuda Alimentar Animal a 11.04.2009 às 15:14

Ora, ora, ora... muitíssimo obrigado pelas suas sábias palavras. Já agora também mudámos o nosso twitter para www.twitter.com/AjudaAAnimal e temos muito gosto se nos quiser seguir.

Os melhores cumprimentos e bom trabalho,
A Equipa AAA

De Alexandre Kulcinskaia a 11.04.2009 às 16:24

Olá Ana.
Ao contrário do que se possa pensar estas instituições, que visam ajudar este ou aquele, muitas das vezes têm um interesse maior que é ajudar-se a elas próprias.
O Banco Alimentar contra a Fome não subsiste só de dádivas alimentares, recebe também somas de dinheiro que não é distribuído por ninguém e que não se sabe bem para onde vai.
Muito provavelmente a crispação do Banco Alimentar contra a Fome devesse mesmo a esse facto. Poderão estar com medo que algum benemérito se engane e em vez de doar dinheiro ao B. Alimentar doe ao B.Alimentar contra a Fome Animal.
Era muito bom que algumas instituições apelidadas de solidariedade social fossem investigadas. Iam-se descobrir muitos podres e muita gente que se move só por dinheiro.
Não me hei-de esquecer que enquanto estudante fomos impedidos de fazer uma visita de estudo à Abraço porque eles só a permitiam se nos disponibilizasse-mos a pagar uma certa quantia em dinheiro.
Parabéns pelo blog, pelo destaque e principalmente pelo Pedro.
P.S - Diga ao Nuno para esquecer o Twitter e voltar a pôr a opção de comentários no Há Vida em Markl.
Ele que ignore os pobres de espírito.
----------------------------------------------------------------------
Deixo aqui o meu blog para que possam visitar e este aviso para que não possa ser considerado Spam.
Caso a morada do blog seja incomodativo agradecia que me fosse comunicado, pelo dono do blog, para não o tornar a colocar.
http://kulcinskaia.blogs.sapo.pt/

De beenblog a 11.04.2009 às 18:21

É Triste ver instituições solidárias entrarem em conflito por coisas tão mesquinhas .

De cneves a 11.04.2009 às 19:28

Cara amiga,
Faço minhas as suas palavras e também escrevi sobre o assunto em:
http://a-terra-como-limite.blogs.sapo.pt/62917.html
CNeves

De Moreno a 11.04.2009 às 23:27

Li esta notícia hoje mesmo no JN... parece surreal...

Abraço

De Fernando Andrade a 11.04.2009 às 23:38

O que se vê é que afinal o Banco Alimentar contra a fome é gerido por "animais" que não se sabe o que é que têm contra os nossos amigos de quatro patas. Ambos os Bancos recebem para redistribuir, mas, ao que parece, o primeiro tem sobras que não sabe o que lhes há-de fazer e, vai daí... dá-se aos senhores doutores que têm fominha.
Ora...meus senhores!!!! O vosso papel não é emiscuirem-se em particularidades que nada têm a ver com o vosso objectivo. Eu, que habitualmente contribuo conforme posso para o Banco Alimentar contra a fome não me sentiria minimamente melindrado com o facto de alguém, preocupado com os animais, confundisse as coisas. Melhor seria aplicarem a vossa atenção para os alimentos que deixam perder a validade ou os "despacham" à pressa, sem critério, para que não pereçam.
Não havia necessidade de se exporem ao ridículo com tão infundado argumento, descredibilizando assim o Banco Alimentar contra a Fome.

Comentar post


Pág. 1/3



Comentários recentes

  • Isabel oliveira

    Aproveito este espaço para vos fazer um Apelo! Tem...

  • D. Leal

    A minha pergunta é: Não existiria uma maneira mai...

  • Ricardo

    Vim dar aqui, ao ver alguns videos do Nuno Marlk n...

  • Ana

    que gira esta fotografia :)

  • RUIM

    olha o david a usar as piadas do woody allen.....